Quem é Você Alasca?

Imagem

Quem É Você Alasca?

Autor: John Green

Vou começar essa resenha um pouco diferente, começarei com o comentário mental que fiz na livraria assim que me deparei com este livro: “Um livro da Martins Fontes com preço acessível!” Desculpem o comentário, mas de um tempo pra cá tenho visto um aumento considerável nos livros da editora, que não sei se é devido a eles terem os direitos de publicação no Brasil dos livros do Tolkien ou seja lá o que for, assusta-me ao chegar em uma livraria e encontrar o livro que eu queria por menos de R$ 30,00.

Imagem

Mas deixando de lado o valor do livro, vamos ao que achei! Simplesmente PERFEITO!! Na minha humilde opinião é o melhor livro do John Green já lançado que eu já li. Ai alguem se pergunta: “melhor até que A Culpa é das Estrelas?” SIM! Não na questão de histórias, lição de vida e toda a sensibilidade que o Culpa acaba fazendo o leitor pensar, sofrer, soluçar e um pouco mais. Mas na questão de identificação, acho mais abrangente (pelo menos para mim) identificar uma situação ou momento da vida onde nos deparamos com uma Alasca, do que uma criança/adolescente com câncer que é o caso da Hazel de A Culpa.

Não compararei tanto os livros já que os dois são obras de um escritor que tem me dedicado a horas de leitura, neste caso de Quem é Você Alasca horas de minhas férias na praia, e que em ambos os livros vão fazer você que se arriscar a ler, pensar na vida.

Imagem

Sobre a história do livro:

Você já imaginou ou conheceu alguem que colecionasse “últimas palavras”? Essa é a coleção de nosso personagem Miles Halter, que é um adolescente que vai para uma nova escola, em outra cidade para buscar o seu “Grande Talvez”.

Já no primeiro dia na Culver Creek (escola onde ele começa a estudar), conhece seu companheiro de quarto – e que vai ser amigo – Chip Martin, mas que você acaba por chama-lo só pelo apelido de Coronel, o mesmo que introduzirá Alasca e o o oriental Takumi. Quarteto este que embalará as paginas deliciosas de serem lidas deste livro.

Entre cigarros, bebidas, regras quebradas, beijos roubados, desafios rappers e descobertas sexuais, Miles – ou Gordo – descobrirá as alegrias e incertezas que esta busca de um Grande Talvez o levará, e conhecer Alasca, a garota recheada de curvas, temperamental, fumante obsessiva e inconsequente, se mostrará o melhor e o pior que se esperar da vida, mas sempre com “a mais” a se viver.

Imagem

Alasca tem uma coleção de livros que faz qualquer amante da leitura imaginar e almejar a ter, mas uma citação dela fez com que eu compartilhasse isto aqui só para conhecer instigar a conhecer mais esta garota:

“Estou sempre lendo algum livro. Mas há tanta coisa para fazer: tantos cigarros para fumar, tanto sexo para fazer, tantos balanços para balançar. Terei mais tempo para os livros quando ficar velha e chata”.

Aspectos gerais do Livro

Capa

Imagem

Ainda não formei uma opinião se gosto ou não gosto de fotos de pessoas nas capas dos livros. Em geral eu gosto, mas assumo ficar a principio com receio de comprar de cara um livro com foto que não me cative pelo menos 90% de desejo em te-lo. No caso deste me mantive resistente a tê-lo e lê-lo até entrar em uma livraria com uma desculpa de comprar outro livro e acabei com este na bolsa. Mas enquanto eu avançava na leitura eu me fixava neste olho verde e nesta pessoa com só parte do rosto revelada, me fazia perguntas que durante a leitura eram sanadas, mas que me atormentava por eu ver este rosto, era como se a Alasca me perseguisse e eu precisasse ler para resolver meu problema. Então posso dizer que gosto da Capa desta edição, e os devidos créditos a fotografa Clarissa Leahy.

Imagem

 

O livro tem duas partes: Antes e Depois, e seus capítulos são quantidade de dias antes, e a quantidade de dias depois. E te instiga pra chegar até o depois para saber sobre que Antes você está lendo.

Páginas

Imagem

Em amarelo clarinho ♥, com ótima fonte que facilita a leitura, e não te cansa a noite para ler.

Imagem

Editora Martins Fontes

Número de Páginas : 229

ISBN: 978-85-7827-342-2

Imagem

“Quanto tempo é um instante? Um segundo? Dez?(…) Mas que diabos significa “instantâneo”? Nada é instantâneo. Arroz instantâneo leva cinco minutos, pudim instantâneo uma hora. Duvido que um instante de dor intensa pareça instantâneo.”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s